Congruence of the composition of Odonata between dry and rainy seasons in the Maranhense Cerrado alt-text


Abstract

In tropical streams, seasonality has a strong influence on heterogeneity, altering available resources and affecting the carrying of organisms, substrate and organic matter. This causes changes in the limnological variables, as well as in the species composition. The aim of our study was to evaluate the response of the congruence of the Odonata community in two seasons in streams of the transition between Cerrado and Caatinga. Ten tributary streams of the river Itapecuru in Caxias, in eastern of Maranhão, were sampled from July to December 2017 (lowest precipitation) and from January to June 2018 (highest precipitation). A total of 386 specimens were collected, 160 in the season with the lowest precipitation and 226 in the season with the highest precipitation. There was no congruence of response for the order Odonata between the seasons; however, if the suborders are treated separately, Zygoptera presented a high congruence of larvae, but not Anisoptera. Thus, in environments that face strong water stress and due to the ecophysiological differences of the suborders, the sampling of only one seasonal period does not provide consistent data on the species composition (Zygoptera showed similarity in the composition between drought and rainy seasons, but not Anisoptera), losing important information about local diversity. If the focus is on biodiversity, the use of suborders can establish patterns of diversity and adaptation between seasons, in view of the existing ecophysiological differences.

Resumen

Nos riachos tropicais a sazonalidade tem forte influência sobre a heterogeneidade, alterando os recursos disponíveis e ocasionando o carreamento de organismos, substrato e matéria orgânica. Provocando mudanças nas variáveis limnológicas, bem como na composição de espécies. O objetivo de nosso trabalho foi avaliar a congruência de resposta da comunidade de Odonata em duas estações sazonais em riachos da transição entre Cerrado e Caatinga. Foram amostrados 10 riachos afluentes do rio Itapecuru em Caxias, no leste do Maranhão nos meses de julho a dezembro de 2017 (menor precipitação) e em janeiro a junho de 2018 (maior precipitação). Um total de 386 espécimes foram coletados sendo 160 na estação de menor precipitação e 226 para a estação de maior precipitação. Não houve congruência de resposta para a ordem Odonata entre as estações, no entanto, para as subordens separadamente, Zygoptera apresentou alta congruência de imaturo, mas não houve para Anisoptera. Assim, em ambientes que enfrentam um forte estresse hídrico e devido as diferenças ecofisiológicas das subordens, a amostragem de apenas um período sazonal não fornece dados consistentes sobre a composição das espécies (Zygoptera apresentou semelhança na composição entre os dois períodos, mas não para Anisoptera), perdendo informações importantes sobre a diversidade local. Se o foco é a biodiversidade, o uso de subordinados pode estabelecer padrões de diversidade e adaptação entre as estações, tendo em vista as diferenças ecofisiológicas existentes.

Issue section: Article

Supplemental material